Comédias de Sempre

Textos novos toda segunda e sexta as 18:30h!

30 de ago. de 2019

Ansiedade


   Eu tenho problema de ansiedade. Quero começar com essa frase o primeiro texto sério que escrevo em anos aqui no blog. Porque essa é uma frase que levei muitos anos para conseguir dizer para mim mesmo e para o médico depois.
   Eu não sei lidar com pressão muito bem, nunca soube, sobretudo quando é sua própria cabeça que as cria sem que você tenha alguma condição de controlar muito bem. Minha vida é difícil e lido diariamente com minhas frustrações e tento me entender melhor de todas as formas que posso, seja escrevendo, cantando, fotografando, criando histórias, blogando. Mas as vezes, quando pouca coisa faz você suar e sentir o mundo desmoronando, você precisa de ajuda. Leva tempo, é um processo e se você não tiver amigos para te incentivar a aceitar que tem uma parada errada com você fica tudo mais difícil ainda, e mais fechado e por muito mais tempo você vai ficar.
   Duas coisas me ajudaram. Primeiro, um livro fantástico chamado "Alucinadamente Feliz" de Jenny Lawson. Ele chegou de surpresa para mim sem que eu o escolhesse. Jenny é louca, mas escolheu ser, porque percebeu que era mais fácil lidar com todas as suas dores e problemas de saúde assim. O livro é maravilhoso, Jenny é maravilhosa e o exemplo dela é incrível, e uma das inspirações para esse blog, junto com Luis Fernando Veríssimo e outros escritores. A segunda foi uma amiga que fiz numa das creches em que trabalhei. Outra Jenny Lawson na minha vida. Ela me incentivou a procurar o médico e me deu a primeira cartela de Sertralina, prevendo a receita que o médico me daria no dia seguinte, junto do tratamento com psicólogo.
   Eu só queria fazer uma pausa nos posts mesmo para falar um pouco sobre isso. Por duro que seja admitir que não somos apenas estranhos quando nossa estranheza começa a prejudicar nosso dia a dia de alguma forma, ir ao médico não é o fim. Ir ao psiquiatra não quer dizer que está louco ou tem problemas mentais. E tomar remédios para ficar bem não é o fim. No fim das contas, é o que tem me ajudado as vezes. Ainda mais agora. Bem agora.

Leiam, de verdade. Vai ser o maior favor que fazem as suas mentes,
ansiosas ou não! rs

.

Meu Twitter